segunda-feira, 9 de setembro de 2013

Bem Vindo aos Capítulos de Flavetes no Labirinto da Vida
Flavetes no Labirinto da Vida é uma novela estrelada por Flávia Alessandra, Otaviano Costa e Flavetes.

A novela é escrita por Caroline Buna Alves ou Karol Bunna (Quem quiser, me siga no twitter @enlizz ou no facebook https://www.facebook.com/caroline.bunaalves )

Capítulos

Capítulo 1
História de Gregório e Rosa; O nascimento de Lívia; O encontro entre Lívia e Rodrigo

Casa de Gregório na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro/Pelotas, Rio Grande do Sul. Interior/exterior. Cena 1.

Em 1973. Gregório (Thiago Fragoso) está em sua casa tomando café quando é transportado para Pelotas no Rio Grande do Sul no ano de 1965. O rapaz repara que está sem roupa e vê uma garotinha que está brincando de piquenique com a boneca. 

Gregório (grita) – Ei!

Rosa (Larissa Aguiar) fica assustada, mas quer saber quem gritou.

– Quem está aí? Quem gritou?

Escondido atrás das árvores, Gregório pede:

- Por favor, dê um pano para me cobrir?

Rosa pega o pano e dá para o rapaz que se cobre. Então, os dois começam a conversar.

Rosa – Eu nunca te vi por aqui.
Gregório – Eu sei...
Rosa (Curiosa) – Por que você estava nu?
Gregório – Eu estava nu porque eu viajo no tempo e quando eu chego a algum lugar acabo ficando nu, mas eu sei que vou voltar, portanto traga roupas para me vestir.

Rosa não acredita muito e o questiona.

- Você é maluco?

Gregório começa a rir e faz um sinal.

Rosa – Que sinal é esse?
Gregório – É para você olhar para mim. Você vai acreditar que eu sou viajante do tempo quando me vê sumindo.

Neste momento, o moço desaparece e a menina fica admirada com o que vê.

Bar na Barra da Tijuca. Interior. Cena 2.

Em 2014. Agora, Gregório se encontra no banheiro de um bar na Barra da Tijuca. Um homem troca de roupa. Gregório acaba roubando a roupa, veste e sai correndo sem que o homem veja.

Casa de Gregório na Barra da Tijuca. Interior. Cena 3.

Em 1973. Finalmente Gregório chega à sua casa, toma banho, coloca uma roupa, janta, escova os dentes e dorme.

Casa de Rosa em Pelotas. Interior. Cena 4.

Rosa está se arrumando para trabalhar, mas de repente ela resolve pegar seu diário, lê as notações que escreve e acaba lembrando-se de Gregório. Neste minuto, a jovem se emociona.

Bar em Pelotas. Interior. Cena 5.

Em 1973. Nu, Gregório está no bar, todos o olham e ele sai correndo indo para o banheiro, onde encontra uma roupa e a põe. Rosa está servindo as mesas quando ela repara em 
Gregório e se aproxima dele.

Rosa – Gregório Barreto Moraes?
Gregório (Estranha) – Você me conhece?
Rosa – Sim. Eu sou a Rosa de Albuquerque. Você deve estar achando estranho né? Mas nos conhecemos faz alguns anos.
Gregório (Fica em dúvida) – É mesmo? E como nos conhecemos?
Rosa – Você me visitava no campo e eu levava as suas roupas porque você ficava nu.
Gregório – Você disse que seu nome é Rosa de Albuquerque. Tem nome de gente rica.
Rosa - (Risos) Eu sou rica, ou melhor, meus pais são ricos, mas queria ser independente, então resolvi me mudar para cá e viver do meu próprio salário.
Gregório – Sendo rica e trabalha como garçonete. Está louca?
Rosa – (Risos) E daí? Eu consigo o meu próprio dinheiro.
Os dois trocam olhares. Gregório pega na mão de Rosa.
Rosa – Vamos combinar de se encontrar?
Gregório – Vamos, mas em qual lugar?
Rosa – Na minha casa.
Gregório – Que horas? Quando?
Rosa – Pode ser amanhã às 21h.
Gregório – Tudo bem.
Rosa – Até.

Neste momento, Rosa dá um beijo no rosto de Gregório que vai embora.

Casa de Rosa em Pelotas. Interior. Cena 6.

Gregório chega à casa de Rosa que o recebe de braços abertos. Os dois trocam olhares, a paixão é intensa e eles acabam transando. Após a noite de amor, o rapaz viaja no tempo.

Campo, Pelotas. Exterior. Cena 7.

Gregório volta para o ano de 1965. Ele está no campo, vê uma roupa e a coloca. Rosa se aproxima.

Rosa – Pensei que você não viesse me ver.
Gregório – Eu sempre vou estar ao seu lado e vamos ser amigos sempre.
Rosa – Promete?
Gregório – Sim.
Rosa – Gosto de ficar perto de você.
Gregório – Eu também.
Rosa – Me fala mais sobre a sua vida.
Gregório – Agora não dá... Vou me transportar... Até.

Rosa fica triste, mas sabe que o amigo voltará.

Casa de Rosa em Pelotas. Interior. Cena 8.

Em 1973. Gregório aparece na casa da Rosa. A moça lhe dá uma roupa. Rosa faz o café, enquanto Gregório entra em seu quarto e lê o diário dela. Rosa se enfurece.

Rosa – Por que você está lendo o meu diário?!
Gregório – Desculpe... Eu estou vendo as datas exatas dos dias que eu te visitava.
Rosa – Mas o que houve?
Gregório – É só para entender.
Rosa – Não se preocupe. Eu lembro quando você disse que viajava no tempo.
Gregório (Confuso) – Engraçado que quando eu te vi no bar não lembrei de você, mas agora sim porque eu a encontro pequena no campo nas minhas viagens ao passado.
Tentando acalmá-lo, Rosa o beija.

Casa de Rosa em Pelotas. Interior. Cena 9.

Meses depois...

Gregório procura Rosa e prepara um lindo jantar a luz de velas. A moça fica emocionada. O homem pega a aliança do bolso.
Gregório – Quer casar comigo?
Rosa (Emocionada) – Claro que sim!
Gregório coloca a aliança no dedo dela, os dois se beijam e fazem amor ali mesmo.

Casamento de Rosa e Gregório em Pelotas. Interior. Cena 10. 

A família de Rosa e Gregório está na igreja. Gregório está ansioso para a chegada da noiva. Todos se sentam, menos Gregório, o padre e os padrinhos que estão no altar. Rosa vai entrando ao lado de seu pai. O pai a entrega para Gregório e os noivos ficam de frente para o padre. Começa a cerimônia.

Padre – Estamos aqui diante destes convidados para celebrar a união de Rosa de Albuquerque e Gregório Barreto Moraes. Esses dois jovens que se conheceram e se apaixonaram à primeira vista. Como é o verdadeiro amor Deus o abençoa. É de vossa livre vontade o que pretendeis fazê-lo?
Noivos – Sim.
Padre - Vós que seguis o caminho do Matrimónio, estais decididos a amar-vos e a respeitar-vos, ao longo de toda a vossa vida?
Noivos – Sim.
Padre - Uma vez que é vosso propósito contrair o santo Matrimónio, uni as mãos direitas e manifestai o vosso consentimento na presença de Deus e da sua Igreja.
Os noivos unem as mãos direitas.
O noivo diz: Eu (Gregório Barreto Moraes), recebo-te por minha esposa a ti (Rosa de Albuquerque), e prometo ser-te fiel, amar-te e respeitar-te, na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, todos os dias da nossa vida.
A noiva diz: Eu (Rosa de Albuquerque), recebo-te por meu esposo a ti (Gregório Barreto Moraes), e prometo ser-te fiel, amar-te e respeitar-te, na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, todos os dias da nossa vida.

Padre: Confirme o Senhor, benignamente, o consentimento que manifestastes perante a sua Igreja, e Se digne enriquecer-vos com a sua bênção. Não separe o homem o que Deus uniu.
O Padre convida os presentes ao louvor de Deus.

Padre - Bendigamos ao Senhor.

Todos respondem - Graças a Deus.

Casamento na Casa de Rosa em Pelotas. Exterior. Cena 11.

Os noivos e os convidados estão na área externa da casa de Rosa comemorando o casamento. Gregório vai pegar o champanhe na mesa que está afastada do centro da festa e quando começa a beber acaba viajando no tempo.

Estrada. Exterior. Cena 12.

Em 2000. Gregório repara que está nu em alguma estrada. Felizmente, ele consegue pegar uma roupa jogada fora e veste. Ele vai caminhando até que vê um homem discutindo com um rapaz e tentar apartar a briga, mas não consegue. Então, ele decide dar um soco no homem que vai embora, o rapaz o agradece e mais uma vez Gregório some.

Casa de Rosa em Pelotas. Exterior. Cena 13.

Em 1973. Gregório volta para casa e vê que o casamento acabou. Triste, Rosa está sentada na cadeira e ele se aproxima.

Gregório – Nossa! Cadê os convidados?
Rosa (Nervosa) – Você sumiu, a festa acabou e os convidados foram embora! Eu tive que cortar o bolo sem você e nem brindamos!
Gregório (Arrasado) – Desculpe, mas você sabe que eu sou viajante do tempo e não sei controlar isso.
Rosa – É difícil! Na festa do nosso casamento eu estava sozinha! Eu vou ter que aguentar isso né?! Não tem outra saída porque te amo!
Gregório – Eu não tenho culpa!
Rosa – Eu sei!

Gregório a pega pelo braço e os dois dão um longo e apaixonado beijo.

Quarto da casa de Rosa em Pelotas. Interior. Cena 14.

Após brigarem e terem feito às pazes, Gregório e Bárbara fazem amor para celebrarem a união.

Cozinha na casa de Rosa. Interior. Cena 15.

Gregório, Rosa e os pais do casal estão tomando café até que o rapaz desaparece. Os pais da moça ficam assustados.

Mãe de Rosa – O que é isso?
Pai de Rosa – Ele desapareceu? É isso mesmo?
Rosa – Bom... O Gregório tem essa mania, mas não por querer.
Mãe de Rosa – Não entendi.
Mãe de Gregório – Ele sofre de uma rara modificação genética que o faz viajar no tempo.
Os pais de Rosa continuam assustados.
Pai de Gregório – Assustador? Sim... Mas fiquem calmos. Não é motivo para pânico. Eu também viajo no tempo, pois como estou velho e mais sábio consigo controlar as minhas viagens.
Pai de Rosa – Nossa!

Motel no Rio Janeiro. Interior. Cena 16.

Em 2000. Gregório está dentro do quarto de motel. Ele repara que uma mulher está tomando banho e aproveita pega o lençol, se cobre e sai do quarto. O moço some de novo.

Bar em Pelotas. Interior. Cena 17.

Em 1973. Rosa passa mal quando está servindo os clientes na mesa e é ajudada por uma moça que a leva para casa.

Quarto da casa de Rosa em Pelotas. Interior. Cena 18.

Gregório chega à casa de Rosa e repara que os pais de sua esposa estão preocupados.

Gregório (Preocupado) – O que aconteceu?
Mãe de Rosa – A Rosa passou mal e o médico está vendo que ela tem.
Gregório (Apavorado) – É grave?!
Mãe de Gregório – Fica calmo porque tudo vai ficar bem.
O médico se aproxima e anuncia.
Médico – Não se preocupem. São sintomas da gravidez. Durante a gestação ela precisa de um acompanhamento médico.
Mãe de Rosa – Sim, pode deixar.
Médico – Parabéns!
Gregório – Obrigado.
Médico – De nada.
Todos – Até logo.
Rosa fica animada com a gravidez. Pai de Gregório teme pela gestação e conversa com o filho.
Pai de Gregório – Você sabe que o bebê tem a mesma genética que você, portanto ele pode viajar, voltar para a barriga da Rosa ou não.
Gregório (Preocupado) – Eu sei... Mas ela já está grávida.
Pai de Gregório – Fique atento.
Gregório – Tudo bem.

Gregório desaparece. 

Pelotas. Exterior. Cena 19.

Em 1965. Gregório encontra Rosa, pequena, que está no campo.

Rosa (Chateada) – Quanto tempo que você não vem me ver.
Gregório – Eu estou muito ocupado e viajando muito no tempo.
Rosa – Me fale sobre a sua vida.
Gregório – Eu não tenho muito que contar.
Rosa – Você é casado?
Gregório – Sim.
Rosa fica triste.
Gregório – O que foi?
Rosa – Eu queria que você se casasse comigo.

Gregório ri e some. Rosa volta para casa.

Cozinha da Casa de Rosa. Pelotas. Interior. Cena 20.

Em 1973. Rosa está fazendo o almoço. De repente, ela vê um sangramento e sente cólicas abdominais. Rosa entra em desespero.

Seis meses depois...

Casa de Rosa. Pelotas. Interior. Cena 21.

Rosa e Gregório estão discutindo por causa da gravidez.

Rosa – Eu quero ter um filho!
Gregório – Vamos adotar? Eu acho melhor.
Rosa – Também, mas quero gerar um filho!
Gregório – Mas você pode sofrer um aborto de novo!
Rosa – Vamos tentar ter um filho de novo?!
Gregório – Não!

Então Gregório bate a porta do quarto. Enfurecida, Rosa joga um vaso de plantas na porta. Gregório desaparece.

Pelotas. Exterior. Cena 22.

Em 1970. Gregório e Rosa se encontram no campo. Os dois trocam olhares e ele desabafa.

Gregório – Acabei de ter uma horrível discussão.
Rosa – Com quem?
Gregório – Com uma amiga.
Rosa – Eu a conheço?
Gregório – Sim... Mas não me pergunte o nome dela.
Rosa – Tudo bem... O que houve?
Gregório – A minha amiga não pode querer ter filhos.
Rosa – O que? Por que não?
Gregório – Por causa da genética do marido dela que é estranha e ela pode perder o bebê de novo. Eu não quero que ela sofra e acabamos nos desentendendo.

Rosa abraça Gregório e ele sorri. Em um momento de impulsividade os dois se beijam pela primeira vez, mas o moço some.

Quarto de Rosa. Interior. Cena 23.

Em 1973. Com a aparência mais jovem, Gregório volta para casa. Ele encontra a Rosa e os dois pedem desculpas.

Gregório – Eu quero lhe pedir desculpa por não querer ter um filho.
Rosa – Você está certo... Mas eu quero tanto um filho que... Ah é muito difícil essa situação... Desculpe por eu ser assim. Me perdoa?
Gregório – Claro que perdoo.

O casal se abraça, se beija e faz amor. Gregório desaparece.

Lagoa Mirim, Rio Grande do Sul. Exterior. Cena 24.

Um mês depois...

Rosa está passeando quando encontra na lagoa um bebê dentro da cesta. Com pena, a jovem pega a criança e a leva para casa.

Casa de Rosa. Pelotas. Interior. Cena 25.

Horas se passam...

Rosa chega a sua casa e encontra Gregório. Ele fica intrigado ao ver um bebê e acaba discutindo com a esposa.
Gregório – De quem é esse bebê?
Rosa – Eu o achei na Lagoa Mirim. É uma linda menina que foi abandonada, jogada na lagoa... Coitada... Eu resolvi pegá-la para mim.
Gregório – Você enlouqueceu?!
Rosa – Fique quieto Gregório! Eu vou criá-la!
Gregório – Você ficou completamente doida!
Rosa – Eu quero ter um filho e eu achei! Se você não quer... Então volte para a cidade e me deixe em paz!
Gregório – Como é?!
Rosa – Você sume um mês e volta querendo me dar ordem de novo! Aqui é a minha casa!
Neste minuto, Rosa fica tonta e Gregório fica preocupado.
Gregório – Tudo bem? Sente-se na cadeira.
Rosa – Tudo bem... Mas eu estou grávida.
Gregório – O que?!
Rosa – É isso mesmo o que você ouviu.
Gregório – Mas... (Ele é interrompido).
Rosa – Eu não te traí tá? Afinal, eu estava com a sua versão mais nova e aconteceu...
Gregório (Preocupado) – E agora? E se o bebê não nascer?
Rosa – Mas desta vez eu sei que vai.

Os dois se abraçam.

Casa de Rosa. Pelotas. Interior. Cena 26.

Seis meses se passam... 1974.

Rosa sente muita dor porque a filha está para viajar no tempo. Reparando no sofrimento da esposa, Gregório resolve pedir um milagre.
“Deus, tenha piedade de minha esposa Rosa que quer ter muito um filho. Ela está sentindo muita dor, então por favor faça passar a dor e que a criança nasça com muita saúde e que tenha uma vida normal.”. 
No mesmo instante, passa a dor que Rosa está sentindo e a criança não viaja no tempo. Gregório desaparece.

Campo. Pelotas. Exterior. Cena 27.

Em 1965. Gregório encontra Rosa e lhe dá uma rosa.

Rosa – Obrigada pela rosa! É linda!
Gregório – Você também é linda!
Rosa – Você vai vir me visitar sempre?
Gregório – Claro. Você e eu ainda vamos ficar mais próximos.
Rosa – Eu te adoro muito!
Gregório – Eu também!
Rosa e Gregório dão um abraço apertado. Ele some.

Quarto de Rosa. Pelotas. Interior. Cena 28.

Em 1974. Três meses se passam...

Rosa está lendo em seu quarto quando sente as dores do parto.
Rosa – Gregório, nosso bebê vais nascer!
Gregório – Agora?!
Rosa – Sim! Ajude-me!
Gregório – Respire fundo! Eu já volto!
Rosa – Gregório! Socorro!
Neste exato momento, Gregório desaparece, deixando Rosa com muita dor tendo a filha. Depois de duas horas de desespero, nasce à criança. Emocionada, Rosa dá um beijo na testa da menina.

Campo. Pelotas. Exterior. Cena 29.
Cinco anos depois...

Rosa está brincando com as suas duas filhas no campo. Gregório se aproxima e dá um beijo na testa de cada filha. Rosa fica emocionada ao rever o marido depois de cinco anos.

Rosa – Como vai?
Gregório – Vou bem e você?
Rosa – Estou bem. As meninas não te conhecem, mas olham as suas fotos por toda casa.
Gregório – Que bom! Elas sabem que tem um pai.
Rosa – É... Mas você não esteve com elas durante esses cincos anos.
Gregório – Eu sei. A culpa não é minha. Sou uma pessoa diferente e quase que a Lívia fica igual a mim.
Rosa – Não fique atormentado. Está tudo bem. Não se preocupe.
Gregório – Tudo bem. Eu quero lhe pedir uma coisa.
Rosa (Curiosa) – O que é?
Gregório – Eu viajo muito no tempo e você sabe. Portanto, eu quero lhe pedir que não me espere, não deixe mais roupas para mim em todo canto.
Rosa – Por quê?
Gregório – Nunca se sabe o que pode acontecer.
Rosa fica assustada.
Gregório – Não precisa ficar assim. Fique calma. Tudo dá certo. Eu te amarei para sempre!
Rosa – Eu também vou te amar sempre!

Rosa e Gregório se emocionam, se abraçam e dão um longo e apaixonado beijo. As filhas brincam de cirandinha com o pai. Este desaparece.

New York, Estados Unidos. Cena 30.

Em 1992. Lívia (Flávia Alessandra) está passeando na rua até que um homem se aproxima e tenta assaltá-la, mas Rodrigo (Otaviano Costa) chega a tempo e consegue impedir o pior com um soco no rosto do homem que vai embora.

Rodrigo - All right? He hurt you?

Lívia - Don't. I am fine. Thank You.

Rodrigo - Do you want me to take you to your house?

Lívia - You don't have to.

Rodrigo - Are you sure?

Lívia - I have.

Rodrigo - But I want to take you.

Lívia – Okay.

Então Rodrigo faz um sinal para chamar um táxi. Porém um taxista vem com toda velocidade assim jogando água em cima de Lívia que acaba sendo empurrada para cima de Rodrigo. Os dois ficam tão próximos, trocam olhares intensos e se beijam loucamente.  


Capítulo 2
Marisol conhece Julio; Rodrigo e Lívia percebem que são almas gêmeas; O acidente de Lívia; Rodrigo se declara para Lívia e a pede em namoro; Marisol e Julio transam pela primeira vez; Casamento de Lívia e Rodrigo; Lívia fica grávida; Rodrigo descobre que Richard matou a esposa; Marisol flagra Julio com outra mulher; O nascimento de Júlia e Clarisse

New York, Estados Unidos. Exterior. Cena 1.
Rodrigo faz novamente um sinal e finalmente um taxista resolve parar. Rosa e Rodrigo seguem para casa da moça.

Floricultura na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, Brasil. Interior. Cena 2.
Marisol (Helena Manes) está trabalhando em uma floricultura quando percebe que um homem a olha.

Homem – Bom dia!

Marisol – Bom dia! O que o senhor deseja?

Homem – Eu quero comprar flores.

Marisol – O senhor quer dizer um buquê de flores né?

Homem – É isso aí.

Marisol prepara o buquê e o entrega ao tal homem.

Homem – Quanto custa este buquê?

Marisol – R$40,00.

Homem – Aqui está dinheiro.

Marisol – Só isso?

Homem – Só. Obrigado.

Marisol – De nada.

O Homem sai da floricultura até que decide voltar e entrega o buquê para Marisol que fica envergonhada, mas agradece. Depois ele vai embora. A moça ficada admirada com o homem.

Apartamento de Lívia em New York, Estados Unidos. Interior. Cena 3.
Lívia e Rodrigo chegam ao apartamento dela. A moça oferece um café  para ele.

Rodrigo - Thanks.

Livia - I want to thank you for bringing me home.
Rodrigo sorri e ela retribui.

Rodrigo - what's your name?

Livia - My name is Livia de Albuquerque and his?

Rodrigo- My name is Rodrigo Barreto Moraes.

Livia - Are you Brazilian?

Rodrigo - Yes ... Why?

Livia - (laughs).

Rodrigo - (laughs) It’s also is.

Livia - We need to talk talk with that language?

Rodrigo - Not ... We are Brazilians.
Neste exato momento, Rodrigo olha fixamente os olhos de Lívia e percebe através daquele olhar que a conhece.

Lívia (Intrigada) – O que foi?

Rodrigo – Eu percebi através do seu olhar com o meu que te conheço de algum lugar.

Lívia – Você também não é estranho para mim.

Rodrigo – Você é lindíssima!

Lívia – Obrigada.

Os dois escutam uma música suavemente. Rodrigo levanta do sofá, pega a mão de Lívia, eles se aproximam e começam a dançar coladinhos ao som de Alma Gêmea. Tudo parece mágico. Os rostos vão se juntando até que não dá mais para segurar e assim se beijam perdidamente.

Casa de Marisol na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, Brasil. Interior. Cena 4.
Horas se passam... Anoitece.

Marisol chega à sua casa, coloca o buquê de flores em um vaso e pensa no homem que encontrou na floricultura. Em seguida, ela vai para o quarto, toma banho, coloca a camisola, faz o jantar, come, escova os dentes e dorme.

Apartamento de Lívia em New York, Estados Unidos. Interior. Cena 5.
Lívia e Rodrigo estão jantando a luz de velas.

Lívia – E aí a comida está gostosa?

Rodrigo – Deliciosa! Você cozinha muito bem!

Lívia – Obrigada!

Rodrigo – De nada. Você mora sozinha?

Lívia – Sim. Eu vim para cá faz dois anos, então tive que me virar.

Rodrigo – Seus pais? Tem irmãos?

Lívia – A minha mãe está morando no Rio Grande do Sul, o meu pai está por aí e a minha irmã mora na Barra da Tijuca.

Rodrigo (Intrigado) – Você disse que seu pai está  por aí... Como assim? Ele é separado da sua mãe?

Lívia – É... (Pensativa) Digamos que eles sejam separados. E seus pais?

Rodrigo – Estão morando na Grécia.

Lívia – Nossa! Que legal! Tem irmãos?

Rodrigo – Sim... Mas não quero falar sobre eles. O que você  faz?

Lívia – Trabalho? Ah... Sou atriz.

Rodrigo – Você deve fazer muito sucesso né?

Lívia – Sim... Eu amo o meu trabalho e você?

Rodrigo – Eu sou fotógrafo e tenho um estúdio.

Lívia – Que bom! Eu adoro tirar fotos!

Rodrigo – E olha a hora... Está tarde... Eu tenho que ir embora.

Lívia – Mas já?

Rodrigo – Sim... Desculpe.

Lívia – Então tá. Eu te levo até a porta.

Eles seguem para a porta e se despedem com um beijo. Feliz, Lívia arruma a mesa, lava a louça, vai para o quarto, toma banho, coloca a camisola, escova os dentes e dorme.

Estúdio de Rodrigo em New York, Estados Unidos. Interior. Cena 6.
Oito horas se passam... Amanhece.
Em seu estúdio de fotografia, Rodrigo conversa com Richard sobre Lívia.
Rodrigo - I met a lovely woman!
Richard - Hum... Yesterday?
Rodrigo - Yes! She is perfect and it seems I know you from somewhere.
Richard - You're in love!
Rodrigo - Will Be?
Richard - I have no doubt.
Neste momento, entra uma cliente querendo ser fotografada. Richard a prepara para sessão de fotos. Rodrigo a fotografa.

Apartamento de Lívia em New York, Estados Unidos. Interior. Cena 7.
Lívia resolve telefonar para a casa de sua irmã Marisol, mas ela não está.

Floricultura na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, Brasil. Interior. Cena 8.
Marisol resolve ligar para Lívia.

Marisol – Alô.

Lívia – Alô.

Marisol – Sou eu.

Lívia – Tudo bem?

Marisol – Tudo e vc?

Lívia – Estou muito bem!

Marisol – Tenho saudade de você... Quando vem me visitar?

Lívia – Eu trabalho muito, mas quem sabe...

Marisol – Alguma novidade?

Lívia (Admirada) – Conheci um rapaz brasileiro, muito lindo, encantador... Não sei... Mas parece que eu o conheço...

Marisol – Finalmente está apaixonada por alguém (risos). Nunca se preocupou em namorar.

Lívia – Claro. O trabalho toma muito o meu tempo e você?

Marisol (Admirada) – Eu encontrei um homem que nem sei o nome dele, mas que me deu um buquê de flores... Muito lindo!

Lívia (Desconfiada) – Nossa! Ele não disse o nome dele?!

Marisol – Não... Ele não parava de me olhar na floricultura. Achei estranho, mas depois sei lá...

Lívia – Cuidado! Agora eu tenho que desligar.

Marisol – Tá bom.

Lívia – Até depois. Beijos.

Marisol – Beijos.

Marisol desliga o telefone e atende uma moça. Lívia liga para uma atendente da lista telefônica para poder entrar em contato com Rodrigo.

Lívia - Hello.

Atendente – Yes. What can I do?

Lívia - I want the house phone and the Photography Studio of a person.

Atendente – What is the name?

Lívia - Rodrigo Barreto Moraes. He lives here in New York and has a Photography Studio.

Atendente - Can annotate the phones?

Lívia - Yes ... Thank You.

Atendente - Any information piece with us. Thank You.

Lívia - Bye.

Atendente – Bye.
Estúdio de Rodrigo em New York, Estados Unidos. Interior. Cena 9.
Quatro horas depois...

Richard resolve almoçar, mas Rodrigo decide ficar no estúdio revelando as fotos.

Apartamento de Lívia/Estúdio de Rodrigo em New York, Estados Unidos. Interior/Exterior/Interior. Cena 10.
Lívia pega a sua bolsa e resolve ir até o estúdio de Rodrigo. Ela faz um sinal para um táxi, mas vê uma menina atravessando a rua sozinha. Ao ver um carro desgovernado Lívia se apavora.

Lívia - Careful!
Lívia empurra a garota que cai na calçada. Enquanto salva a menina, Lívia acaba sendo atropelada. Rodrigo sente um aperto no peito e teme que alguém esteja em perigo. Ele liga para casa de Lívia que não está em casa.
Floricultura na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, Brasil. Interior. Cena 11.
Marisol está regando as flores. O homem aparece e lhe dá uma rosa.
Marisol – Obrigada.
Homem – De nada.
Marisol – Qual é o seu nome?
Homem – Meu nome é Julio (Edson Celulari). Qual é  o seu nome?

Marisol – Meu nome é Marisol.

Julio – Você é linda! Quer jantar comigo esta noite?

Marisol – Sim.

Julio – Eu te pego.

Marisol – Tudo bem.

Marisol entrega o seu endereço para Julio. Os dois se despedem. Marisol acaba recebendo uma ligação do hospital e descobre que Lívia sofreu um acidente e ela fica apavorada.

Apartamento de Lívia em New York, Estados Unidos. Interior. Cena 12.
Rodrigo vai ao apartamento de Lívia, a empregada atende.

Rodrigo – Boa tarde.

Empregada – Boa tarde.

Rodrigo – Lívia está aí.

Empregada (Apavorada) – A Sra. Lívia não se encontra porque ela sofreu um acidente.

Rodrigo (Preocupado e apavorado) – Como ela está?!

Empregada – Ela foi levada para o hospital.

Rodrigo – Qual hospital?!

Empregada – Está aqui que está escrito no papel.

Rodrigo – Eu vou para lá agora. Obrigado.

Empregada – De nada.

Hospital em New York, Estados Unidos. Interior. Cena 13.
Uma hora depois...

Rodrigo vai até o balcão onde pergunta para recepcionista sobre a Lívia. O médico tranquiliza Rodrigo.

Rodrigo (Preocupado e apavorado) – Doctor, I want to know of Livia. How is she?! I want to see her?!

Médico – Mr. Rodrigo, Livia suffered a crash after saving a girl. No need to worry because she's right. Had some small minor injuries. Nothing serious. Rest assured.
Rodrigo - She can go home?
Médico – Not today. I want to let her in for observation.
Rodrigo – What is her room?
Médico – I'll take you to her.
Rodrigo – Thank you.
O médico leva Rodrigo até o quarto de Lívia.

Quarto de Lívia no Hospital em New York, Estados Unidos. Interior. Cena 14.
O médico e Rodrigo chegam ao quarto de Lívia que está dormindo.

Médico – I'm going to leave you alone.

Rodrigo - Okay. Thank you.
O médico sai do quarto. Rodrigo se aproxima de Lívia e faz carinho nela. Com o toque Lívia acorda e estranha por estar no hospital.

Rodrigo – Olá.

Lívia – O que eu estou fazendo aqui? O que aconteceu?

Rodrigo – Você foi salvar uma menina e acabou sendo atropelada.

Lívia – Eu lembro que eu salvei a garota. E ela está  bem?

Rodrigo – Deve estar afinal você salvou a vida dela.

Lívia – É.

Rodrigo – Está sentindo alguma coisa?

Lívia – Um pouco de dor.

Rodrigo – Você vai ficar bem. Não teve nada sério. Só uns pequenos ferimentos. Não se preocupe.

Lívia lembra-se de sua irmã e telefona.

Lívia – Alô.

Marisol (Apavorada) – Eu sei que você sofreu um acidente, mas como estou no Brasil não pude ir para aí! Está tudo bem com você?!

Lívia – Sim. Não se preocupe. Só foi um susto.

Marisol – Tudo bem. Qualquer coisa me ligue tá?

Lívia – Tá.

Marisol – Melhoras.

Lívia – Obrigada.

Marisol – De nada.

Lívia – Beijo. Tchau.

Marisol – Outro. Tchau.

Rodrigo está com fome e resolve ir para lanchonete. Enquanto Lívia come no quarto.

Casa de Marisol na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, Brasil. Interior. Cena 15.
Horas depois... Anoitece.

Marisol se arruma para sair. Julio toca a campainha. A empregada atende.

Empregada – Quem é o senhor?
Julio – Eu me chamo Julio e quero saber se a Marisol está pronta para sair.
Empregada – Pode entrar. A Sra. Marisol está se arrumando.
Julio – Obrigado.

Admirado, Julio vê cada canto da casa. A empregada oferece um café para ele que agradece. Marisol fica pronta e aparece na sala. Julio se encanta ainda mais. Os dois saem de casa.

Quarto de Lívia no Hospital em New York, Estados Unidos. Interior. Cena 16.
Lívia e Rodrigo estão no quarto. Ele se aproxima da cama e pega na mão dela.

Rodrigo – Desde que a vi o meu coração disparou e através do seu olhar eu a reconheci. Eu quero sempre estar ao seu lado nos momentos bons e ruins. Eu quero ter muitos filhos com você, mas antes eu quero lhe dar esta aliança de compromisso. Agora, estamos apenas namorando, claro, se você me aceitar.

Lívia (Emocionada) – É óbvio que eu aceito namorar, casar e ter muitos filhos contigo!

Rodrigo põe a aliança no dedo de Lívia. Os dois se beijam apaixonadamente. O médico entra e interrompe o momento amoroso.

Médico - It's okay Livia?

Lívia - Yes.

Médico Are you in pain?

Lívia - More or less.
O médico dá um remédio para Lívia. A moça acaba adormecendo. Rodrigo fica chateado ao ver a amada dormindo.

Médico - Lívia is feeling a pain and so I gave a remedy for her not to be incomadada and to sleep. You can go home and come back tomorrow.

Rodrigo – I don't want to go home. I want to be with her.

Médico - So you can sleep on the couch. Tomorrow Livia can go home. Anything you can call me.

Rodrigo – All right. Thank you.
Médico - Good night.

Rodrigo – Good night.

Restaurante no Leblon, Rio de Janeiro, Brasil. Interior. Cena 17.
Marisol e Julio estão no restaurante.

Julio – Estava boa a comida?

Marisol – Sim. Estava uma delícia.

Julio – Que bom. Esse restaurante é chique.

Marisol – Por isso que me trouxe para cá?

Julio – Exatamente. Você é uma moça rica e merece tudo de melhor.

Marisol (Desconfiada) – Como você descobriu que eu sou rica?

Julio foge do assunto.

Julio – Você gosta de trabalhar na floricultura?

Marisol – Adoro! Eu amo flores! (Sorri). Tá ficando tarde. Vamos?

Julio – Vamos.

Julio paga a conta e vai embora com Marisol.

Casa de Marisol na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, Brasil. Interior. Cena 18. 
Marisol e Julio chegam a casa dela. Ela agradece pelo jantar, dá um beijo no rosto dele, vai fechando a porta até que ele empurra, a pega no colo, a leva para o quarto, a acaricia e os dois acabam transando.

Quarto de Lívia no Hospital em New York, Estados Unidos. Interior. Cena 19.
Lívia está no quarto passando batom. Rodrigo acorda. O médico entra e resolve dar alta para a moça.

Médico – You are well and can go

Lívia - Seriously?

Médico - Seriously ... You want to stay here?

Lívia - Don't.

Médico - So. Good ... Your tests are fine.
Lívia - Who paid for the hospital?

Rodrigo - I'm the one.

Lívia - Thank You.

Rodrigo - For you I do everything.
Médico - You two make a beautiful couple.

Casal - People appreciated.
Lívia - I thank you for helping me.
Médico - It's my job.
Casal - See you later.
Médico – Bye.

Felizes e abraçados, Lívia e Rodrigo saem do hospital.

Casamento na Igreja em New York, Estados Unidos. Interior. Cena 20.
Cinco meses depois...

A família de Lívia e Rodrigo está na igreja. Ansioso, Rodrigo espera a noiva. Todos se sentam, menos Rodrigo, o padre e os padrinhos que estão no altar. Lívia vai entrando ao lado de Julio. O cunhado a entrega para Rodrigo e os noivos ficam de frente para o padre. Começa a cerimônia.
Padre – We are here in front of these guests to celebrate the Union of Lívia Ashley de Albuquerque and Rodrigo Barreto Moraes. These two young people who met and fell in love at first sight. How true love God bless him. Is your own will what I mean to do so?
Noivos – Yes.
Padre – You who ride the path of matrimony, ye are determined to love you and respect you, throughout your life?
Noivos – Yes.
Padre - Since it is your purpose contracting holy matrimony, uni hands straight and manifestai your consent in the presence of God and of his Church.
Os noivos unem as mãos direitas.
O noivo diz: Eu (Rodrigo Barreto Moraes), take you for my wife you (Lívia Ashley de Albuquerque), and I promise to be true to you, love you and respect you, in good times and in bad,in sickness and in health, every day of our lives.
A noiva diz: Eu (Lívia Ashley de Albuquerque), take you for my wife you (Rodrigo Barreto Moraes), and I promise to be true to you, love you and respect you, in good times and in bad,in sickness and in health, every day of our lives.
Padre: Confirm the Lord, benignly, consent that manifestastes before your Church, and should enrich you with his blessing. What God has joined together, let not man put asunder.
O Padre convida os presentes ao louvor de Deus.

Padre - We bless the Lord.

Todos respondem - Thanks to God.
Festa de casamento de Lívia e Rodrigo na Casa de Richard em New York, Estados Unidos. Exterior. Cena 21.
Os noivos e os convidados estão na área externa da casa de Richard comemorando o casamento. Richard e Marisol fazem brinde aos noivos.
Richard - These two met at a lovely winter afternoon and fell in love at first sight. How can? This couple loves each other and deserves all good. The relationship happened too fast, but it was intense. Expected to enjoy this wedding and I will be very happy.
Marisol - Who knew that my sister is finally accepting married. After all, the work takes up a lot of time in her life. Seems to lie. I realize that they are very much in love and happy. Deserve each other. I love my sister and I learned to love my brother-in-law. They are always so very well and you have beautiful kids!

Com a linda música Alma Gêmea Lívia e Rodrigo dançam a valsa. Lívia joga o buquê para as mulheres que acabam caindo. Em seguida, o casal corta o bolo e brinda ao casamento com os convidados. Por fim, os dois viajam para a lua de mel.

Apartamento de Lívia e Rodrigo em New York, Estados Unidos. Interior. Cena 22.

Dois meses depois...

Lívia e Rodrigo voltam de viagem. A moça passal mal e preocupado, Rodrigo a leva para o hospital.

Hospital em New York, Estados Unidos. Interior. Cena 23.

Chegando ao hospital, Lívia é atendida por um médico.

Lívia - What do I have?

Médico - I believe it's a pregnancy, but I want you to do blood test and then come to know the result.
Lívia e Rodrigo ficam felizes com a possibilidade da gravidez.

Lívia – When can I take the exam?

Médico - Here a week ago.

Lívia - Thank You. See you later.

Médico - See you later.
Hospital em New York, Estados Unidos. Interior. Cena 24.

Uma semana depois...

Lívia e Rodrigo chegam ao hospital para saber o resultado. O médico chama o casal.

Lívia - I'm pregnant?

Médico - The test came back positive.
Lívia e Rodrigo ficam muito felizes e se abraçam.

Lívia - How long?

Médico - A month and a half. You have to be careful, healthy nutrition, medical follow-up, do not work hard prenatal.
Lívia - I'm going to do all this. I promise.
Rodrigo - I'll take real good care of her and accompany her at all.

Médico - I think that's pretty good.
Lívia - Thank You.

Médico - I am available for anything.

Casal - Goodbye.

Médico - Goodbye.
Casa de Richard em New York, Estados Unidos. Interior. Cena 25. 
Dois dias depois...

Rodrigo vai até a casa de Richard, toca a campainha, mas percebe que a porta está meia aberta, resolve abir e entra. O rapaz vai caminhando até que ouve o Richard conversando com alguém no telefone.

Richard - Brother, I know! I did the job!

Pessoa - But do it right?

Richard - I Did ... Didn't get it wrong ... She can ever give us.
Rodrigo fica desconfiado.

Pessoa - Are you sure? Does not escape?

Richard - Of course not! I killed my wife!
Rodrigo fica apavorado e sai correndo, mas Richard percebe que o amigo o descobriu.

Richard - Rodrigo discovered that I killed my wife!

Pessoa - You'll have to eliminate the man! He can't deliver, know of anything else!

Richard - I'll see what I can do!

Pessoa - Talk to you soon.

Richard - Ok.
New York, Estados Unidos. Exterior. Cena 26.

Atormentado com o que acabou de escutar de Richard, sem rumo, Rodrigo passeia na rua.

Casa de Marisol na Barra da Tijuca. Interior. Cena 27.

Horas depois...

Chegando a sua casa, Marisol vai até o quarto, flagra Julio com outra mulher na cama e fica nervosa.

Marisol – O que é isso?!

Julio – Não é nada do que você está pensando!

Marisol – Como não?! Chega de ser ridículo!

Julio – Me perdoa.

Marisol – Canalha! Safado! Cachorro! Maldito! Saia já  da minha casa!

Julio – Querida, não me expulse.

Marisol – Pensasse nisso antes! E você vagabunda?! Fora daqui!

A mulher sai correndo. Marisol desmaia. Julio fica preocupado e chama o médico.

Julio – O que ela tem?

Médico – Ela está grávida.

Julio fica feliz.

Médico – Ela não pode ficar estressada, tem que ter cuidado, a ajude e ela tem que ser acompanhada por um médico. Ouviu?

Julio – Eu faço o que doutor está me pedindo.

Médico – E pede para ela fazer alguns exames.

Julio (Preocupado) – Alguma coisa séria?

Médico – Não... Mas ela está grávida. Precisa de cuidados e atenção.

Julio – Obrigado.

Médico – De nada. Estou à disposição para qualquer coisa.

Julio – Até logo.

Médico – Até logo.

A empregada acompanha o médico. Marisol acorda e descobre que espera um filho. Feliz e emocionada, a moça perdoa o marido.

Apartamento de Lívia e Rodrigo em New York, Estados Unidos. Interior. Cena 28. 

Preocupada, Lívia vê que Rodrigo não está bem.

Lívia – O que houve? Que cara é essa?

Rodrigo – Nada. Eu sou estou cansado por causa do trabalho.

Lívia – Descanse um pouco.

Rodrigo – Eu vou sim... Depois me chama para jantar?

Lívia – Pode deixar.

Lívia e Rodrigo se beijam. O rapaz vai para o quarto e dorme.

Apartamento de Lívia e Rodrigo em New York, Estados Unidos. Interior/Exterior. Cena 29.  

Nove meses depois. No ano de 1993...

Lívia começa a sentir contrações, Rodrigo prepara as malas, coloca no carro, pega a esposa no colo e vão para o hospital.

Hospital na Barra da Tijuca, no Rio Janeiro, Brasil/New York, Estados Unidos. Interior. Cena 30.  


Lívia e Marisol já estão no quarto do hospital. Os médicos as pegam e as levam para as salas de parto. Começa o parto de Marisol. Duas horas depois, Júlia (Gabriela Martins) nasce. Emocionada, Marisol beija a testa da filha. O parto de Lívia está complicado, ela sofre para ter a filha. Anoitece. Depois de muito sofrimento e espera, Lívia consegue ter Clarisse (Lene Britto). A moça fica extremamente emocionada, pega a filha no colo e dá um beijo em sua testa.


Capítulo 3

Richard ameaça Rodrigo; Marisol flagra Julio com outra mulher e o expulsa de casa; Clarisse e Júlia fazem aniversário; Rodrigo e Lívia decidem morar no Brasil; Marisol sofre um grave acidente e morre; Lívia e Rodrigo resolvem cuidar de Júlia; Mariana e Júlia viajam para Portugal e Estados Unidos, respectivamente.
Estúdio de Rodrigo em New York, Estados Unidos. Interior. Cena 1.
Alguns dias depois...

Rodrigo vai trabalhar e encontra Richard. Este o ameaça.

Richard – If you tell someone that I killed my wife I will end you! Can you hear me?!

Rodrigo (Apavorado) – I won't tell anyone!

Richard – Promises?!

Rodrigo – I Promise!

Richard – if I get suspicious.

Rodrigo – OK! I said I'm not going to say anything!

Richard – I think it's good! I've got my eye on you!

Neste minuto, entra um cliente para ser fotografado.

Apartamento de Lívia e Rodrigo em New York, Estados Unidos. Interior. Cena 2.
Horas depois...

Lívia canta uma música para a filha Clarisse dormir. Em seguida, a bebê sorri, mas acaba adormecendo. Lívia a coloca no berço.

Praça XV, Barra da Tijuca, Brasil. Exterior. Cena 3.
Marisol passeia com a filha Júlia que está dentro do carrinho até que vê Júlio aos beijos com outra mulher. Ela se aproxima e tira satisfações com o marido.

Marisol – Eu não acredito!

Julio – Marisol?!

Marisol – Eu posso saber o que é isso?! Eu não acredito que você está me traindo de novo! É sempre assim!

Julio – Calma! Desculpe-me.

Marisol – Aceitar a sua desculpa?! Ficou maluco! Depois dessa não tem mais desculpa! Eu quero você fora da minha vida!

Julio – Não fala isso! Eu te amo!

Marisol – Me ama e trai! Eu quero que você saia da minha casa e não volte mais lá! Nem adianta vir atrás de mim! Acabou!

Julio – Escute-me!

Marisol – Não! Tchau!

A mulher vai embora, Marisol segue andando e Julio fica sem saber o que fazer.

Quarto de Lívia e Rodrigo no apartamento em New York, Estados Unidos. Interior. Cena 4.
Em seu quarto, Rodrigo fica pensando na ameaça de Richard. Lívia estranha o comportamento do marido.

Lívia – O que está acontecendo com você?

Rodrigo – Comigo?

Lívia – É.

Rodrigo – Nada.

Lívia – Tem certeza?

Rodrigo – Não se preocupe comigo.

Lívia – Tá bom.

Rodrigo – E a nossa filha?

Lívia – Está dormindo.

Rodrigo pensa na segurança da filha.

Casa de Marisol na Barra da Tijuca, Brasil. Interior. Cena 5. 
Aproveitando que Marisol não está em casa, Julio pega as suas coisas e sai de casa.
Apartamento de Lívia e Rodrigo em New York, Estados Unidos. Exterior. Cena 6.
Dentro do carro, Richard está do outro lado da calçada do apartamento de Lívia e Rodrigo. O homem fica observando os movimentos de Rodrigo.
Casa de Marisol na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, Brasil. Interior. Cena 7. 
Anoitece.
Marisol conversa com a filha.
Marisol – Ai minha filha ainda bem que você  é bebê e não fica vendo esses absurdos que seu pai faz. Você vai saber que tem pai, mas jamais quero vê-lo perto de você. Eu quero que tenha uma ótima educação e seja uma boa pessoa.
Neste minuto, Júlia chora e Marisol a amamenta.
Quarto de Lívia e Rodrigo no apartamento em New York, Estados Unidos. Interior. Cena 8.
Lívia e Rodrigo fazem amor.
Rodoviária Novo Rio, Rio de Janeiro, Brasil. Interior/Exterior. Cena 9.  
Três dias depois...
Julio pega um ônibus e parte para Minas Gerais.
Casa de festas em New York, Estados Unidos. Interior/Exterior. Cena 10. 
Um ano depois... 1994.
Lívia e Marisol fazem uma grande festa para as filhas Clarisse e Júlia, respectivamente. As meninas completam um ano.
Lívia – As meninas estão lindas.
Marisol – É mesmo. Imagina quando ficarem maiores.
Lívia – Um ano já! Passou rápido.
Marisol – E muita coisa aconteceu.
Rodrigo tira fotos das garotas. Horas se passam. Os pais e convidados cantam parabéns. Lívia e Marisol assopram as velas.
Praça em New York, Estados Unidos. Exterior. Cena 11.
Alguns anos se passam. 1997.
Lívia, Rodrigo e a filha Clarisse estão andando em uma praça de New York até que encontram uma menina sentada na calçada. A família se aproxima.
Lívia – O que você está fazendo sozinha?
Mariana (Karol Bunna) – Eu estou cansada.
Rodrigo – Cansada? O que você fez?
Mariana – Eu vendo doces na rua.
Lívia (Chocada) – Meu Deus! Cadê seus pais?
Mariana – Eu não tenho pais.
Rodrigo – Você não mora com ninguém?
Mariana – Não.
A garota chora e é abraçada por Clarisse. Com pena, Lívia e Rodrigo a levam para casa e resolvem adotá-la.
Apartamento de Lívia e Rodrigo em New York, Estados Unidos. Interior. Cena 12.
Duas horas depois...
Rodrigo recebe o telefonema de Richard.
Rodrigo - Hi
Richard - Hi!
Rodrigo – All right?
Richard - I'm fine and you?
Rodrigo - I'm fine! What do you want?
Richard - I called to let you know that I don't want to get into trouble with the police! Understand Me?!
Rodrigo - I understood!
Richard - That good! If you already know what can happen! Don't open your mouth to anyone! Bye!
Rodrigo - Bye!
Lívia entra no quarto e repara que Rodrigo está  nervoso.
Lívia (Preocupada) – O que houve?
Rodrigo – Vamos morar em outro lugar?
Lívia – Em outro lugar? Por quê?
Rodrigo – Eu acho melhor a gente se mudar. Vamos morar no Brasil?
Lívia – Mas e os nossos trabalhos? Eu faço cinema aqui e você tem um estúdio. Não entendo.
Rodrigo – Cansei de ficar aqui. As crianças podem conhecer gente nova assim como nós.
Lívia – Tem certeza do que você quer fazer?
Rodrigo – Eu tenho.
Lívia – Mas não vou vender o apartamento.
Rodrigo – Não precisa. Tudo bem.
Lívia – Eu te amo e vou com você para qualquer lugar.
Rodrigo – Eu também amo você.
Os dois se abraçam e se beijam.
Casa de Marisol na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, Brasil. Interior. Cena 13.  
Três anos se passam... 2000.
Marisol está brincando com Júlia quando o telefone toca.
Marisol – Alô.
Julio – Alô.
Marisol – O que você quer?
Julio – Falar com a minha filha.
Marisol – Eu vou passar o telefone para ela.
Julio – Obrigado.
Marisol entrega o telefone para filha.
Júlia – Pai!
Julio – Filha, tudo bem?
Júlia – Tudo. Estou com saudade.
Julio – Eu também.
Júlia – Quando você vai voltar?
Julio – Não sei. Agora eu tenho que trabalhar. Beijo filha.
Júlia – Beijo. Tchau.
Julio – Tchau.
Quarto de brincar na casa de Lívia e Rodrigo na Barra da Tijuca. Interior. Cena 14.
Clarisse e Mariana estão brincando. Parado na porta, Rodrigo as observa. Lívia aparece e entra no quarto.
Lívia – Tudo bem meninas?
Clarisse e Mariana – Tudo.
Lívia – Vamos almoçar?
Clarisse e Mariana – Sim.
Lívia – Mas antes eu quero um abraço das duas.
Clarisse e Mariana abraçam Lívia e Rodrigo se emociona.
Quarto de Marisol/Casa, na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, Brasil. Interior. Cena 15.  
Marisol se arruma e Júlia entra no quarto da mãe.
Júlia – Mamãe vai sair?
Marisol – Sim.
Júlia – Posso ir?
Marisol – Eu tenho que visitar sua tia.
Júlia – Mas a Clarisse e a Mariana estão lá. Eu quero brincar com elas.
Marisol – Eu sei, mas eu não vou ficar lá  muito tempo. Eu irei resolver um problema.
Júlia – Eu vou ficar sozinha?
Marisol – Não. Você vai ficar com a empregada. Está bem?
Júlia – Está bem.
Marisol – Dá um beijo na mamãe.
Júlia dá um beijo na mãe.
Marisol – Fica brincando e obedece a empregada. Eu te amo muito viu?
Júlia – Eu também te amo.
As duas se abraçam. Marisol sai de casa.
Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, Brasil. Exterior. Cena 16.
Marisol está a caminho da casa de Lívia quando ela perde a direção e bate fortemente em outro carro. Ela morre na hora.
Casa de Lívia e Rodrigo na Barra da Tijuca. Interior. Cena 17. 
Uma hora depois...
Lívia recebe um telefonema e descobre que Marisol faleceu. Ela fica desesperada e é consolada por Rodrigo. Lívia decide pegar Júlia na casa de Marisol e o marido a acompanha. Clarisse e Mariana ficam com a empregada. Lívia e Rodrigo entram no carro e seguem para casa de Marisol.
Casa de Marisol na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, Brasil. Interior. Cena 18.
Passam alguns minutos...
Lívia e Rodrigo chegam à casa de Marisol. Abalada, Lívia segura na mão de Júlia.
Júlia (Assustada) – Cadê a minha mãe?
Lívia – A sua mãe está viajando.
Júlia – Mas ela disse que ia para sua casa.
Lívia – Eu sei, mas ela teve que viajar urgente.
Júlia – Por que você está chorando?
Lívia – Porque aconteceu uma coisa na família. Mas não se preocupe. Eu vou te levar para minha casa, onde você  pode brincar com a Clarisse e a Mariana. Está bem?
Júlia – Tá bom.
A empregada dá uma mala de roupas para Rodrigo. Lívia dá um abraço em Júlia.
Quarto de brincar na Casa de Lívia e Rodrigo na Barra da Tijuca. Interior. Cena 19.  
Alguns minutos depois...
Júlia entra no quarto de brincar e vê Clarisse e Mariana brincando. Júlia sente a falta da mãe e chora. Com pena da prima, Clarisse e Mariana a abraçam.
Casa de Lívia e Rodrigo na Barra da Tijuca. Interior. Cena 20.  
14 anos se passam... 2014.
Mariana e Júlia se preparam para viajar. Enquanto Mariana viajará de navio para Portugal, Júlia vai de avião para New York, EUA. Lívia fica emocionada ao vê-las prontas para as viagens. A moça tenta fazê-las mudar de ideia, mas não conseguem. Rodrigo abraça as duas. Clarisse chora. O motorista vai acompanhá-las até  os locais onde elas irão sair. A família se despede.



Capítulo 4


Porto de Lisboa, Lisboa, Portugal. Exterior/Interior. Cena 1.

Dois anos depois...

Mariana e Luciana (Luciana Furrier) se despedem dos amigos e entram no navio MSC DIVINA. Com o dinheiro que roubou, Augusto (Reynaldo Gianecchini) consegue entrar no navio.

Faculdade Brandão Rio, Rio de Janeiro, Brasil. Exterior. Cena 2.       

Clarisse e Ricardo (Mateus Solano) se esbarram na porta da Faculdade. Os dois pedem desculpas, trocam olhares, mas seguem caminhos diferentes.

Casa de Lívia e Rodrigo na Barra da Tijuca. Interior. Cena 3.  

Lívia e Rodrigo estão tomando café na cozinha.

Lívia – A Mariana deve estar saindo de Portugal agora.

Rodrigo – É. Estou com saudade da nossa filha.

Lívia – Eu também. A Clarisse está sentindo muito a falta dela.

Rodrigo – As duas são muito amigas.

Lívia – Isso é bom.

Rodrigo – Deu vontade de ter outro filho.

Lívia – Você deseja ter mais um?

Rodrigo – Sim.

Lívia – (Risos) Eu vou pensar no seu caso.

Leblon. Exterior. Cena 4.  

Jane (Tata Poppins) está caminhando com um amigo até que Roberto Marcos (Hugo Bonemer) aparece.

Roberto Marcos – Ei... Nossa... Que namoradinho sem sal é esse?

Jane – Como é?! Que isso?! Eu não te conheço e nem você me conhece para chegar e falar bobeira! Vê se enxerga!

Roberto Marcos – Eu? Tá brincando né?

Jane – Eu e o meu amigos vamos embora! Tchau!

Roberto Marcos – Tchauzinho.

Jane e o amigo vão embora. Enquanto Roberto Marcos dá risada ao vê-los caminhando.

La Cantina di Bacco. Navio MSC DIVINA. Interior. Cena 5.

Mariana e Luciana estão tomando um vinho na La Cantina di Bacco. Augusto e o amigo reparam que as duas são ricas e planejam roubá-las. Distraídas, as amigas estão conversando. Os dois se aproximam das bolsas até que o garçom vê e consegue impedi-los. As moças agradecem.



Garçom - Le signore sono giuste?


Mariana e Luciana – Sì.


Garçom - Voglio denunciarli alle guardie.


Mariana e Luciana – Sì.

Nesta hora, o garçom chama os guardas e estes levam os ladrões presos.

Casa de Lívia e Rodrigo na Barra da Tijuca. Interior. Cena 6.  

O telefone toca na sala. Lívia atende.

Lívia – Alô.

Richard – Hi.

Lívia – Richard! All right?

Richard – I'm fine.


Lívia – And life?


Richard – Very turbulent.


Lívia – Our!


Richard – I can speak to Rodrigo?


Lívia – Yes.

Lívia grita por Rodrigo e ele se assusta.

Rodrigo - What happened?!


Lívia - Nothing ... Calm down ... Richard wants to talk to you.

Neste minuto, Rodrigo fica mais assustado ainda, mas atende.

Rodrigo - Talks.


Richard – I'm calling to tell you that you can't tell anyone about the murder. Got It?!


Rodrigo - Understood ... Just be quiet.


Richard – So I want to see.


Rodrigo - See you later.


Richard – See you later

Lívia repara na expressão do marido e desconfia.

Lívia – O que o Richard queria?

Rodrigo – Uma ajuda minha.

Lívia – Você vai ter que viajar para New York?

Rodrigo – Não.

Lívia – Não entendi.

Rodrigo – Você não precisa entender.

Faculdade Brandão Rio, Rio de Janeiro, Brasil. Interior. Cena 7.

Clarisse está bebendo água quando Ricardo se aproxima.

Ricardo – Oi.

Clarisse – Oi.

Ricardo – Eu sempre vi você, mas nunca tive coragem de me aproximar.

Clarisse – Eu te vejo sempre por aqui.

Ricardo – Está sozinha?

Clarisse – Sim.

Ricardo – Quer tomar um sorvete comigo?

Clarisse – Tudo bem.

Sala de prisão. Navio MSC DIVINA. Interior. Cena 8.

Mariana entra na sala de prisão. O guarda não quer que ela se aproxime do ladrão, mas a jovem não liga.

Mariana - Si può lasciare la stanza perché voglio parlare con questo ragazzo.

Guarda - Nulla mi può chiamare.


Mariana - Si, un bel ragazzo aggredito ragazze indifese. Così si vuole i soldi?


Augusto - In realtà volevo dare uno spavento, ma presto restituito i soldi.


Mariana - Ah... Come posso essere sicuro? Non avrei mai.


Augusto - Miss mi puoi perdonare?


Mariana - Non lo so.


Augusto - Perdonami, ti prego. Ti prego. Io non sono un cattivo ragazzo e nemmeno il mio amico.

Nesse minuto, Mariana começa a rir.

Augusto - Non ridete. È grave. Perdonami.


Mariana - Belle, ma sarà la vostra ultima possibilità. Se si commettono qualsiasi atto ritenuto sospettata, sarà arrestato.


Augusto - Grazie. Rilascerà il mio amico troppo?


Mariana - Sì.

Mariana chama o guarda.

Mariana - La guardia!


Guarda - Sì.


Mariana - È possibile rilasciare i prigionieri. Essi non ha colpito nessuno. Era uno scherzo che lui e il suo amico ha fatto per passare il tempo.


Guarda - Ma...


Mariana - Niente. Possibile rilasciarli.

O guarda solta os rapazes.

Suíte de Mariana e Luciana. Navio MSC DIVINA. Interior. Cena 9.

Após sair do banho, Luciana coloca a roupa, escova os dentes e penteia o cabelo. Quando ela sai do quarto repara que Mariana não está.

Luciana – Cadê a Mariana?

New York, Estados Unidos. Exterior/Interior. Cena 10.

Júlia está passeando por New York e comprando várias roupas de marca por quase todas as lojas.

Júlia - This is fantastic! I love New York! The clothes are a luxury.

Casa de Lívia e Rodrigo na Barra da Tijuca. Exterior. Cena 11.  

Ricardo deixa Clarisse na porta da casa de Lívia.

Ricardo – Gostou do passeio?

Clarisse – Sim.

Ricardo – Eu adorei tomar sorvete com você. Vamos sair de novo?

Clarisse – Qualquer dia. Eu preciso entrar.

Ricardo – Tá bom.

Clarisse – Tchau.

Ricardo – Tchau.

Ricardo dá um beijo no rosto de Clarisse.

Casa de Jane. Leblon. Interior. Cena 12.  

Horas depois. Anoitece.

Jane e família estão jantando.

Mãe – Jane, o seu noivo ligou querendo falar com você.

Jane – O que ele queria?

Mãe – Não sei.

Jane – Amanhã eu falo com ele.

Pai – Você não pode deixar o seu noivo escapar. Ele é um bom partido.

Irmã – É verdade.

Jane – Tá.

Mãe – Você só vai comer isso?

Irmã – Só.

Pai – Por quê?

Irmã – Porque eu quero continuar com o meu belo corpo.

Jane – Cuidado.

Barra da Tijuca. Exterior. Cena 13.  

Em um orelhão, Rodrigo telefona para Julio.

Rodrigo – Alô.

Julio – Alô. Quem é?

Rodrigo – Rodrigo.

Julio – Tudo bem? Quanto tempo!

Rodrigo – Vou bem e você?

Julio – Vou indo. Aconteceu alguma coisa?

Rodrigo – Eu preciso falar com você.

Julio – Fala.

Rodrigo – Eu estou no orelhão. Não dá para falar um assunto importante por aqui. Vou te ligar amanhã da minha casa.

Julio – Um assunto importante? Então eu vou para sua casa amanhã.

Rodrigo – Tudo bem. Eu te espero. Até amanhã.

Julio – Até amanhã.

Rodrigo desliga o telefone e segue para casa.

Casa de Lívia e Rodrigo na Barra da Tijuca. Interior. Cena 14.  

Preocupada com a demora de Rodrigo, Lívia anda para lá e para cá na sala. Clarisse aparece e questiona o comportamento da mãe.

Clarisse – O que é isso?

Lívia – Nada.

Clarisse – Nada? Você tá andando de lá para cá. Não fica quieta.

Lívia – Estou preocupada com o seu pai.

Clarisse (Preocupada) – O que houve com ele?

Lívia – Ele saiu e até agora não voltou.

Clarisse – Acalme-se. De repente não foi nada demais. Espera mais um pouco.

Lívia – Sim. Você já jantou?

Clarisse – Comeu?

Lívia – Eu comi um pão e tomei uma vitamina.

Clarisse – Hum... Eu vou jantar.

Lívia – Pode ir.

Clarisse vai para cozinha.

Casa de Jane. Leblon. Interior. Cena 15.  

Em seu quarto, deitada na cama, Jane pensa em Roberto Marcos.

Casa de Mary. Méier. Interior. Cena 16.   

Na sala, Mary (Anizia) está comendo a sua macarronada e vendo na televisão uma moça dando à luz um bebê.

Mary (Emocionada) – Eu quero ter um filho. Adoro criança. É uma pena que o homem certo ainda não apareceu porque só com ele que eu queria ter um bebê.

Boate em Copacabana. Interior. Cena 17.   

Débora (Dara Maressa) está dançando em uma boate quando Diego (Caio Castro) se aproxima. Todo sedutor, ele tenta beijá-la, mas ela se esquiva.

Na mesma boate encontra-se Emi (Emile Gervazoni) que adora um funk e rebola até o chão.

Casa de Lívia e Rodrigo na Barra da Tijuca. Interior. Cena 18.  

Rodrigo chega à sua casa. Preocupada, Lívia o questiona.

Lívia – Demorou tanto. O que você fez que chegou tão tarde?

Rodrigo – Desculpe. Eu estava resolvendo um problema.

Lívia – Qual problema?

Rodrigo – É pessoal. Coisa minha.

Lívia (Desconfiada) – Eu não posso saber?

Rodrigo – Não. Vamos dormir?

Lívia não entende, mas aceita a vontade do marido e vai com ele para o quarto.

Antonelli’S Estilo. Roma. Itália. Cena 19.
Clarice Antonelli (Brenda Rychards) ainda se encontra em sua sala na empresa escolhendo o vestido que uma de suas modelos terá que usar no próximo desfile. O segurança bate na porta.

Clarice Antonelli - Inserisci

Segurança - Signora, è alba. In poche ore sarà mattina. Devo chiudere l'azienda.

Clarice Antonelli - Ci dispiace, ma ho ottenuto qui scegliendo l'abito e dimenticato il tempo. Controllare tutte che le camere e si può lasciare. Io vado ora.

Segurança - Sì. Fino a domani.

Clarice Antonelli - Fino a domani.

Clarice Antonelli guarda os vestidos e vai embora.

Motel. Copacabana. Interior. Cena 20.   
Débora e Diego estão no motel. Os dois trocam olhares, se beijam e transam.


Capítulo 5

Suíte de Mariana e Luciana. Navio MSC DIVINA. Interior. Cena 1.

Sem conseguir voltar a dormir, Mariana levanta da cama e vai para o banheiro, onde pensa em Augusto.

Casa de Lívia e Rodrigo na Barra da Tijuca. Interior. Cena 2.  

Horas se passam. Amanhece.

Clarisse, Lívia e Rodrigo tomam café da manhã.

Lívia – E a faculdade?

Clarisse – Vai bem. Obrigada.

Rodrigo – Nossa filha será uma linda e dedicada psicóloga.

Lívia – É mesmo. Estamos orgulhosos de você.

Clarisse – Obrigada.

Clarisse se prepara para ir à faculdade.

Lívia – Já vai?

Clarisse – Sim.

Lívia – Você não tem que fazer uma sessão de fotos?

Rodrigo – Só à tarde. Por isso tenho a manhã inteira para ficar com você.

Clarisse – Iiiiii...

Rodrigo – Vamos passear na praça?

Lívia – Vamos.

Em cada banheiro da casa, Clarisse, Lívia e Rodrigo escovam os dentes e em seguida saem de casa. Richard observa o trio saindo.

Casa de Dafne em Ipanema. Exterior. Cena 3.

Dafne (Larissa Aguiar) e Gabriela (Kaiala Monteiro) estão tomando um sol na pscina.

Dafne – A gente tem que pegar um sol várias vezes na semana.

Gabriela – É verdade, mas nunca esquecer o protetor solar.

Dafne – Eu adoro sol. Ilumina a cabeça da gente e de manhã faz bem.

Gabriela – Com certeza.

A empregada aparece e oferece suco para as duas.

Motel. Copacabana. Interior. Cena 4.   

Débora e Diego estão na cama. Débora acorda e repara que o rapaz não está deitado.

Débora – Diego?

Diego – Eu estou no banheiro.

Débora – Pensei que você tinha ido embora.

Diego – Não. Vou tomar banho ok?

Débora – Ok.

Antonelli’S Estilo. Roma. Itália. Interior. Cena 5.

Clarisse Antonelli vê a Modelo 1.

Clarisse – Quel rosso non era buono su di lei. Avete bisogno di cambiare.

Maquiador – Cambiare? Ho pensato che fosse bello!

Clarisse – ma non lo feci. Il colore del vestito deve essere di un rosa pallido.

Maquiador – ammenda. Andiamo, tesoro.

O maquiador e a Modelo 1 saem da sala. A estilista traz a Modelo 2.

Estilista – che cosa ti ha fatto pensare l'abito?

Clarisse – affittare non è allineato, il vestito non può colpire in ginocchio e deve essere fino ai piedi. Voglio un vestito meglio o si tenta di fare uno! Ora potete andare e prendere il modello 2.

Estilista – tutti i diritti.

A Estilista e a Modelo 2 saem da sala.

Casa de Lívia e Rodrigo na Barra da Tijuca. Exterior/Interior. Cena 6.  

Richard consegue invadir a casa de Rodrigo e coloca uma escuta na sala e no quarto de Lívia e Rodrigo.

Richard - Now all that Rodrigo says I will listen and if he tells about the murder to someone he's finished.

Richard sai da casa, entra em seu quarto e vai embora.

Praça na Barra da Tijuca. Exterior. Cena 7.  

Lívia e Rodrigo estão passeando. O rapaz compra uma pipoca para a esposa.

Lívia – A gente está junto há muito tempo.

Rodrigo – Quem diria.

Lívia – E o nosso primeiro encontro?

Rodrigo – Hoje eu vejo que foi engraçado. Aquele taxista jogou água na gente (risos).

Lívia – (Risos).

Rodrigo – Foi linda a cerimônia do nosso casamento!

Lívia – Eu amei!

Rodrigo – Eu sempre soube que você fazia parte da minha vida. É a mulher da minha vida.

Lívia – E você é o homem da minha vida.

Os dois se emocionam e se beijam. Rodrigo segue para seu estúdio. Já Lívia vai trabalhar no teatro.

Navio MSC DIVINA. Interior. Cena 8.

Mariana e Augusto estão passeando pelo navio.

Mariana – Como você conseguiu entrar neste navio?

Augusto – Por que você quer saber?

Mariana – Você tentou me assaltar ontem.

Augusto – Eu consegui e pronto.

Mariana (Desconfiada) – Ah sei...

Augusto – Vamos mudar de assunto?

Neste minuto, Mariana tropeça e quase cai, mas Augusto a segura. Os dois trocam olhares e quando estão prestes a se beijarem, aparece Luciana. Augusto resolve se afastar.

Luciana – Você estava tentando beijar o homem que tentou nos assaltar ontem?

Mariana – Não começa.

Luciana – Mas é a verdade. O rapaz é lindo, mas bandido.

Mariana – Vamos esquecer isso.

Luciana – Tudo bem. Vamos comer alguma coisa?

Mariana – Sim.

Casa de Jane. Leblon. Interior. Cena 9.  

Jane telefona para seu noivo.

Jane – Oi.

Noivo – Oi.

Jane – A minha mãe disse que você quer falar comigo. O que quer?

Noivo – Eu quero lhe convidar para jantar comigo esta noite.

Jane – Qual é o motivo?

Noivo – Eu quero te dar um presente.

Jane – Presente? Pode ser. Venha me pegar às 20h.

Noivo – Tudo bem. Beijos e até.

Jane – Beijo.

Casamento na Igreja em Grajaú. Interior. Cena 10. 

A família de Luísa (Paloma Silva) e Antônio (Cauã Reymond) está na igreja. Todos se sentam, menos Antônio, o padre e os padrinhos que estão no altar. Começa a cerimônia.

Padre: Noivos caríssimos, viestes à casa da Igreja  para que o vosso propósito de contrair Matrimónio seja firmado com o sagrado selo de Deus, perante o ministro da Igreja e na presença da comunidade cristã. Cristo vai abençoar o vosso amor conjugal. Ele, que já vos consagrou pelo santo Baptismo, vai agora dotar-vos e fortalecer-vos com a graça especial de um novo Sacramento para poderdes assumir o dever de mútua e perpétua fidelidade e as demais obrigações do Matrimónio. Diante da Igreja, vou, pois, interrogar-vos
sobre as vossas disposições.

Padre: (
Antônio) e (Luísa), viestes aqui para celebrar o vosso Matrimónio. É de vossa livre vontade e de todo o coração que pretendeis fazê-lo?

Os noivos: É, sim.

Padre: Vós que seguis o caminho do Matrimónio, estais decididos a amar-vos e a respeitar-vos, ao longo de toda a vossa vida?

Os noivos: Estou, sim.

Padre: Estais dispostos a receber amorosamente os filhos como dom de Deus e a educá-los segundo a lei de Cristo e da sua Igreja?

Os noivos: Estou, sim.

Padre: Uma vez que é vosso propósito contrair o santo Matrimónio, uni as mãos direitas e manifestai o vosso consentimento na presença de Deus e da sua Igreja. Os noivos unem as mãos direitas.

Antônio diz: Eu (Antônio), recebo-te por minha esposa a ti (Luísa), e prometo ser-te fiel, amar-te e respeitar-te, na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, todos os dias da nossa vida.

A noiva diz:Eu (
Luísa), recebo-te por meu esposo  a ti (Antônio), e prometo ser-te fiel,  amar-te e respeitar-te, na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, todos os dias da nossa vida.

Padre: Confirme o Senhor, benignamente, o consentimento que manifestastes perante a sua Igreja, e Se digne enriquecer-vos com a sua bênção. Não separe o homem o que Deus uniu. Bendigamos ao Senhor.

Todos respondem: Graças a Deus.

Hospital. Méier. Interior. Cena 11.

Mary está se consultando com o médico para fazer uma inseminação. 

Ginecologista - Inseminação artificial é um processo no qual o médico coloca o sêmen do marido ou doador após ser processado dentro do colo do útero ou no fundo do útero perto do momento da ovulação. O estado emocional não pode se encontrar alterado como está agora porque esse fator pode influenciar consideravelmente nos resultados do processo.

Mary – Sim. E a alimentação?

Ginecologista - Deve ser equilibrada, com intervalos de 3 horas entre uma refeição e outra. É importante, também, a ingestão de 1,5 litro de água por dia.

Mary – Tudo bem.

Ginecologista – Você deve passar por uma avaliação composta pelo exame clínico, exames laboratoriais e de imagem, incluindo histerossalpingografia e ultrassonografia.

Mary – Quando eu posso fazer esses exames?

Ginecologista – Você pode marcar a consulta e vir amanhã, depois de amanhã.

Mary – Obrigada.

Ginecologista – Qualquer coisa é só me procurar.

Mary – Tá bom. Até logo.

Ginecologista – Até logo.

Faculdade Brandão Rio, Rio de Janeiro. Interior. Cena 12.

Clarisse e Ricardo se encontram no meio do corredor.

Clarisse – Como vai?

Ricardo – Estou ótimo e você?

Clarisse – Vou bem.

Ricardo – A gente pode sair?

Clarisse – Quando?

Ricardo – Hoje.

Clarisse – Pretende me levar para qual lugar?

Ricardo – Surpresa. Que horas eu te pego?

Clarisse – Pode ser às 19h.

Ricardo – Ok.

Ricardo beija o rosto de Clarisse.

Casa de Emi. Grajaú. Interior. Cena 13.

Emi resolve limpar a casa enquanto sua mãe trabalha.

Rua/Quarto de Caio. Casa de Lívia e Rodrigo na Barra da Tijuca. Exterior/Interior. Cena 14.  

Dafne está passando pela casa de Lívia e Rodrigo e vê Caio (Eike Duarte) lavando o carro. Ela se aproxima.

Dafne – Oi. Boa tarde. Eu estou vendo que o senhor é empregado da casa de minha amiga.

Caio – Eu sou motorista.

Dafne – Eu nunca te vi por aqui.

Caio – Eu sou o novo motorista.

Dafne – Ah sim...

Caio – O que deseja?

Dafne – Nada. Eu estava passando, te vi e parei.

Caio fica sem graça.

Caio – Os patrões não estão na casa. Eu tenho que trabalhar. Tchau.

Caio vai entrando na casa quando Dafne corre, escorrega e ele a socorre.

Dafne – Ai!

Caio – Machucou? Como a senhorita corre se o chão está molhado.

Dafne – É.

Caio a pega no colo e a leva para o quarto onde ele dorme. Ele passa um merthiolate no joelho da jovem e coloca um esparadrapo. Ela agradece e de repente, os dois vão se aproximando e se beijam.

Estúdio de Fotografia em New York, Estados Unidos. Cena 15.

Júlia chega ao Estúdio, onde fará uma sessão de fotos para uma campanha publicitária.

Antonelli’S Estilo. Roma. Itália. Interior. Cena 16.

Clarice Antonelli volta do almoço. Sua secretária lhe entrega uma carta. A moça abre e lê.

“Buongiorno, signora Clarice Antoneli,


È necessario risolvere il loro status in Italia perché altrimenti Risolvi saranno deportati in Brasile. Cercare di trovare una soluzione a questo problema. La signora ha un mese per presentare il suo processo di riconoscimento in Italia.


Grazie”

Ela começa a ficar preocupada.

Clarice Antonelli – Chiamare il signor Alex (Alexandre Nero).

Secretária – Sì.

Alguns minutos depois...

Alex - Sono qui.


Clarice Antonelli - Sì, vedo.


Alex - Che cosa vuole, signora?


Clarice Antonelli - Sono nei guai e potrebbero essere deportato in Brasile se non risolvo la mia situazione. Ho bisogno di legalizzare il mio visto come italiano.


Alex - E...


Clarice Antonelli - E avete bisogno di sposarmi.


Alex - Che cosa?!


Clarice Antonelli - Esattamente. Sarebbe meglio accettare.


Alex - Sei fuori?!


Clarice Antonelli - Di quello! Rispetto a me! Io sono la tua padrona! Meglio prendere per garantire il vostro lavoro. Così sarà accettare o rifiutare?!


Alex - Va bene. Mi stai minacciando, allora devo accettare di sposare te così non perdo il mio lavoro.


Clarice Antonelli - Quel bel ragazzo. Che è giusto.

Ponto de ônibus. Leblon. Exterior. Cena 17.

Pedro (Bruno Gissoni) está em um ponto de ônibus. Um filhote de cachorro da raça labrador aparece e deita na perna de Pedro. Pedro faz carinho no animal. Quando o rapaz entra no ônibus o cachorro vai atrás.

Pelotas, Rio Grande do Sul. Interior/exterior. Cena 18.

Cansada de viver no campo e ver que sua cidade está em guerra, Laura (Ana Garcia) arruma as malas, pega dinheiro, se despede dos pais e parte para o Rio de Janeiro.

Casa de David. Barra da Tijuca. Interior. Cena 19.

David (David Carreira) está fazendo o almoço quando ouve uma batida, segue em direção a porta e abre. O rapaz fica surpreso ao ver Naomi (Vera Leitão Santos).

David – Naomi?!

Naomi – Eu.

David – O que você está fazendo aqui?! Você não estava morta?!

Naomi – Bom... Era o que você pensava, mas não.

David – Eu estou...

Naomi – (Interrompe) Surpreso, pasmo, assustado... Eu sei. Desculpe por eu chegar assim sem te avisar.

David – Eu também acho! Você some, é dada como morta e como quer que eu reaja?!

Naomi – Tudo bem. Eu te entendo. Fico em algum hotel... Não se preocupe.

David – Não! Você pode ficar aqui, afinal essa também é a sua casa.

Naomi – Obrigada.

Neste minuto, Naomi abraça David.

Casa de Aurora e Marcos. Ipanema. Interior. Cena 20.

Marcos (Malvino Salvador) e Aurora (Larissa Aguiar) voltam da lua de mel.

Aurora – Nossa! Arrumaram a nossa casa.

Marcos – Seus pais fazem questão de nos ajudar.

Aurora – É claro. Vamos descansar um pouco.

Marcos – Vamos.

Aurora e Marcos vão para o quarto.


Capítulo 6
Rua/Casa de Lívia e Rodrigo na Barra da Tijuca. Exterior. Cena 1.  
Caio acompanha Dafne até o carro dela que está  parado em frente a casa de Lívia. Ela entra no veículo e se despede do motorista.
Dafne – Obrigada por me ajudar. O senhor foi muito gentil.
Caio – De nada.
Dafne vai embora.
Casa de Pedro. Botafogo. Cena 2.
Uma hora depois...
Pedro chega a sua casa acompanhado do cachorro. Lara (Juliana Mesquita) fica desconfiada.
Lara – O que este cachorro está fazendo aqui?!
Pedro – Eu estava sentado no banco do ponto de ônibus e o cachorro deitou na minha perna. Quando levantei e fui para o ônibus ele veio atrás de mim. O cachorro é tão bonitinho.
Lara – Mas eu não o quero ver aqui! Eu não gosto de cachorro!
Pedro – Ele está agarrado em mim. Deixa o animal com a gente. Ele é quietinho.
Lara – Por quê?! Esse cachorro vai fazer um estrago nesta casa!
Pedro – Chega! O cachorro fica!
Lara fica mais revoltada ainda e joga um prato no chão.
Faculdade Brandão Rio, Rio de Janeiro. Interior. Cena 3. 
Daniel (Rodrigo Lombardi) está perdido no corredor. Ele vê Gabriela (Kaiala Monteiro) e pede uma informação.
Daniel – Oi.
Gabriela – Sim.
Daniel – Eu quero uma informação.
Gabriela – Pode falar.
Daniel – Eu procurei por essa Faculdade e eu quero falar com o diretor. Qual é a sala dele?
Gabriela – A sala dele é no fim do corredor e vire à direita.
Daniel – Obrigado.
Gabriela – De nada.
Os dois seguem direções diferentes.
Motel. Copacabana. Interior. Cena 4.   
Diego se aproxima de Débora que tenta beijá-la, mas ela se esquiva. Ele não entende.
Diego – O que foi isso? Eu não entendi.
Débora – Eu só não quero te beijar agora. Eu estou indo embora.
Diego – Mas já?
Débora – Sim... Eu já perdi aula na Faculdade por sua culpa.
Diego – Por minha culpa? Mas você também quis.
Débora – É verdade. Mas estou indo para casa.
Diego – Quem vai pagar a conta do motel?
Débora (Chocada) – Nossa! Você! 
Diego – Eu não tenho dinheiro. Sou pobre.
Débora – O que?! Não acredito! Eu pago a conta!
Diego – Valeu. Tchau.
Débora – Tchau.
Débora e Diego saem do quarto e vão embora.
Apartamento de Chiara e Ricchie. Botafogo. Interior. Cena 5.
Cansados, Chiara (Elisanita Paiva) e Ricchie (Rodrigo Hilbert) se jogam no sofá.
Chiara – A gente acabou de arrumar tudo. Ufa.
Ricchie – Demorou, mas a gente encontrou um bom apartamento.
Chiara – É sim (risos).
Ricchie – Quer comer alguma coisa?
Chiara – Sim!
Casa de Lívia e Rodrigo na Barra da Tijuca. Exterior. Cena 6.  
Horas depois...
Júlio chega à casa de Lívia e Rodrigo. Caio se aproxima.
Caio – Boa tarde Sr. Julio.
Júlio – Boa tarde. A Lívia e o Rodrigo ainda não chegaram?
Caio – Ainda não. A Sra. Lívia deve estar chegando.
Júlio – Tá bom. Obrigado.
Neste minuto, Lívia chega e cumprimenta Julio.
Lívia (Surpresa) – Oi Julio. Você por aqui. O que aconteceu?
Júlio – Eu vim por causa do Rodrigo.
Lívia (Desconfiada) – Por causa do Rodrigo? Mas o que aconteceu? Pode falar.
Júlio – Eu também não sei o que aconteceu. O Rodrigo me ligou e disse que quer falar comigo um assunto importante.
Lívia (Curiosa) – O que será? Estranho. Ele não me conta nada.
Júlio – Não sei.
Lívia – Vamos entrar.
Júlio – Vamos.
Lívia e Júlio entram na casa.
Antonelli’S Estilo. Barra da Tijuca, Brasil/Roma, Itália. Interior. Cena 7.  
Dafne chega à empresa e vai para sua sala. A secretária entra.
Secretária – Boa tarde. Tem uma ligação para senhora.
Dafne – Quem é?
Secretária – A Sra. Clarice Antonelli. Vai atender?
Dafne – É óbvio. Passa para cá.
Secretária – Ok.
Dafne atende a ligação.
Dafne – Como vai?
Clarice Antonelli – Vou bem e você?
Dafne – Tudo ótimo.
Clarice Antonelli – Como está caminhando a minha empresa no Brasil?
Dafne – Está indo de vento em polpa! A cada dia estamos tendo mais contratos e por aí?
Clarice Antonelli – Está muito bem, mas ultimamente eu tenho ficado nervosa devido ao próximo desfile e estou com mil planos na cabeça. Você é uma ótima administradora! Eu estou sendo muito bem representada por aí.
Dafne – Não tem dúvida! Agora eu preciso desligar. Ótimo trabalho. Beijo.
Clarice Antonelli – Para você também. Beijo.
Desfile. New York, Estados Unidos. Interior. Cena 8.
Na passarela, Júlia desfila várias vezes com diversos modelos de vestido e consegue muitos elogios e aplausos ao final da apresentação. Ela recebe um buquê de flores e fica emocionada.
Estilista – You modeled very well! Perfect! Congratulations!
Júlia – Thank You! I'm thrilled!
Estilista – Clarice Antonelli will be proud of you when she finds out! You represented the company's models Antonelli's Estilo in a unique way! Rocked!
Júlia – Thank You!
Navio MSC DIVINA. Exterior. Cena 9.
Mariana encontra Augusto que está pensativo.
Mariana – Oi. O que você está pensando?
Augusto – No que eu vou fazer assim que o navio apartar.
Mariana – Ser um homem correto.
Augusto – Ah não... De trabalho.
Mariana – Calma. Você tem um tempo ainda para pensar.
Augusto – Você acha?
Mariana – Acho.
Augusto – Você é muito bonita.
Mariana – Obrigada.
Neste momento, Augusto pega a mão de Mariana e beija suavemente. A moça fica sem graça. Ele a empurra junto para o corpo dele, os rostos ficam próximos, os olhares fixados um no outro. De repente toca no fundo a música Per Amore. Mariana e Augusto se beijam intensamente.
La Cantina di Bacco. Navio MSC DIVINA. Interior. Cena 10.
Luciana toma um café na Cantina. Por um instante, ela se lembra de quando foi abandonada pelo namorado. Ela acaba deixando a xícara cair.
Garçom – Signora, mi permetta di farlo.
Luciana – Mi Scusi. Stavo con i miei pensieri lontano e involontariamente lascio la caduta di Coppa.
Garçom – Non preoccuparti. La signora è fatto male?
Luciana – Non.
Garçom – Che buono.
Luciana – Grazie.
Atormentada, Luciana sai do local.
Quarto de Clarisse. Casa de Lívia e Rodrigo na Barra da Tijuca. Interior. Cena 11.   
Lívia penteia o cabelo de Clarisse e a questiona pelo fato de se arrumar.
Lívia – Por que se arrumar tanto?
Clarisse – Eu vou encontrar uma pessoa.
Lívia – Está namorando alguém? Você  não me contou nada.
Clarisse – Não estou namorando ninguém.
Lívia – Tá bom. Eu vou fingir que acredito.
Sala. Casa de Lívia e Rodrigo na Barra da Tijuca. Interior. Cena 12.    
Rodrigo chega à sua casa. Júlio o espera.
Rodrigo – Desculpe pela demora.
Júlio – Não se preocupe. Eu almocei. Qual é o assunto importante que você quer falar comigo.
Rodrigo – A Lívia está aí?
Júlio – Sim, mas ela e a Clarisse estão no quarto. Pode contar.
Rodrigo – Eu morava em Nova York e tinha estúdio lá e alguns companheiros de trabalho. Então... Bom... Eu descobri que um dos meus colegas assassinou a esposa.
Júlio (Chocado) – O que?! Matou a esposa?! Que absurdo! Ele está preso né?!
Rodrigo – Não está preso!
Júlio – Como é?!
Rodrigo – É isso mesmo o que você  ouviu!
Júlio – Você precisa denunciá-lo para polícia! Agora!
Rodrigo – Eu não posso! Estou sendo ameaçado!
Júlio – Mais um motivo! Anda!
Pelas gritarias, Lívia e Clarisse vão para sala e querem saber o que está acontecendo, mas Rodrigo e Júlio não dizem absolutamente nada. As duas ficam desconfiadas.
Casa de Emi. Grajaú. Interior. Cena 13.
Emi está estudando quando ouve a campainha tocar. Ela segue na direção da porta e abre.
Emi – Oi.
Amiga – Oi.
Emi – O que você quer? Eu estou ocupada.
Amiga – Eu achei uma coisa estranha.
Emi – O que?
Amiga – Você dançando na boate ontem.
Emi (Fingindo de Desintendida) – Eu? Na boate? Não. Eu odeio boate. Eu sou uma ótima moça e comportada.
Amiga – Eu tive! Era você!
Emi – Tem como provar que era eu lá?
Amiga – Vários amigos.
Emi – Falar não prova nada. Tem que mostrar o conteúdo. Agora, você pode ir embora porque eu estou fazendo algo de útil que é estudar. Boa tarde.
Amiga – Nossa... Boa tarde.
Assim que a amiga vai embora, Emi fecha a porta e anda com um sorriso no rosto.
Quarto de Richard. Hotel na Barra da Tijuca. Interior. Cena 14.    
Richard estava escutando tudo o que Rodrigo e Júlio estavam conversando e resolve chamar um intérprete para entender a conversa dos dois. Após ouvir a tradução, Richard fica nervoso, começa a jogar as coisas no chão e expulsa o tradutor do local. Para si de frente ao espelho, Richard ameaça Rodrigo.
Richard – Rodrigo! You bastard! I told you not to say anything to anyone, but you won't listen! You will now see! You're going to pay me! Asshole! I'll kick your ass! Wait!
Restaurante. Barra da Tijuca. Interior. Cena 15.  
Horas depois. Anoitece.
Clarisse e Ricardo estão no restaurante.
Ricardo – Está gostando da comida?
Clarisse – Sim. Tem um gosto especial.
Ricardo – E aí como anda a vida?
Clarisse – É... Vai indo...
Ricardo – Não senti firmeza em sua resposta. O que aconteceu?
Clarisse – Nada. Podemos mudar de assunto.
Ricardo – Ok. Amanhã eu estou indo viajar.
Clarisse – Sério? E vai me deixar sozinha?
Ricardo – Só por um tempinho, mas vou ficar com saudades.
Clarisse – Eu também.
Neste momento, Ricardo se aproxima de Clarisse e a beija.
Casa de Lívia e Rodrigo na Barra da Tijuca. Exterior. Cena 16.    
Em seu carro, Richard está parado na porta da casa de Lívia e Rodrigo e esperando o momento para entrar em casa.
Restaurante. Leblon. Interior. Cena 16.
O noivo está esperando Jane que chega ao restaurante correndo e acaba esbarrando no garçom fazendo com que ele derrube a bandeja. Ela o ajuda e depois se aproxima do noivo.
Jane – Tudo bem?
Noivo – Tudo e você?
Jane – Vou bem. O que você tem para me dizer?
Noivo – Aqui está o seu presente.
Jane abre a caixinha e vê um anel, a deixando surpresa.
Jane – Nossa!
Noivo – O que foi?
Jane – Um anel... Mas por quê?
Noivo – Eu sei que já te dei o anel de noivado, mas quis te dar esse para amolecer o seu coração.
Jane – Amolecer o meu coração?
Noivo – É... Você nunca quis marcar a data do nosso casamento e estamos noivos.
Jane – (Fingindo de desentendida) –  É mesmo? Ai amor me desculpe, mas este anel é lindo! Você  amoleceu o meu coração. Vamos marcar a data do nosso casamento.
O noivo e a Jane se beijam.
Cozinha da Casa de David. Barra da Tijuca. Interior. Cena 17.
Naomi faz um café. Enquanto David lê um jornal. A moça recebe uma ligação.
Naomi – Alô. Depois eu falo com você. Agora eu não posso.
David fica desconfiado, mas não fala nada.
Casa de Lívia e Rodrigo na Barra da Tijuca/Teatro Bella Mia. Interior. Cena 18.
Lívia se despede de Rodrigo porque recebeu um trabalho no teatro. Os dois se beijam. Richard espera Lívia sair e entra. Rodrigo se assusta.
Rodrigo- What are you doing here?!
Richard- I came to give you a gift.
Rodrigo- (Suspicious) that present?
Richard- A very special thing that you will love.
Rodrigo- What do you want?!
Richard- I know all about it! You confessed to a friend of yours that I killed my wife!
Rodrigo- How do you know?!
Richard- I put a listening here!
Rodrigo- What are you going to do?!
Richard- It!
Neste minuto, Richard atira no peito de Rodrigo que vai caindo lentamente e relembrando de seus momentos mais felizes com Lívia e suas filhas até que fica caído morto no chão. Richard começa a dar gargalhada e logo vai embora. Enquanto isso no Teatro Bella Mia, Lívia sente um aperto no peito e desmaia no meio do ensaio.
Sala na casa de Lívia e Rodrigo na Barra da Tijuca. Interior. Cena 19.
Lívia chega à sua casa e encontra Rodrigo cheio de sangue no chão. A moça fica desesperada e grita pelo marido. O espírito de Marisol aparece e tenta confortá-la. O espírito de Rodrigo encontra Marisol, se dão a mão e caminham em direção à  luz. Lívia segue para cozinha, abre a gaveta, pega uma faca e tenta se matar, mas desesperada, Clarisse chega e a salva.
Clarisse – O que aconteceu?
Lívia – Eu cheguei e vi o seu pai caído no chão todo cheio de sangue.
Clarisse – Ele se matou?
Lívia – Não pode ser! Nós éramos muito felizes! Ele amava a nossa família! Não tinha motivo!
Clarisse – Mas será que ele não escondia algo? Nada?
Lívia – Nos últimos anos ele estava muito estranho. (Pensativa).
Clarisse – O que vamos fazer?
Lívia – Não sei.
De repente, Lívia começa a gritar e Clarisse não sabe o que fazer.
Clarisse – Temos que chamar a polícia!
Lívia – Pode chamar.
Quarto/Banheiro na casa de Lívia e Rodrigo na Barra da Tijuca. Interior. Cena 20.
Totalmente abalada, Lívia vai para o quarto e segue até o banheiro sem falar nada. Ela fica de frente ao espelho, pega um frasco de perfume e enquanto joga o joga no espelho, grita:

Lívia – Nããããããããããããoooooooooooo!!!